ARTESP alerta: redobre a atenção na rodovia ao se aproximar de locais de atendimento de ocorrências

0
159

Concessionárias realizam ações para o motorista reduzir a velocidade ao avistar equipes operacionais na pista

Os cuidados dos motoristas devem ser redobrados nas rodovias quando se deparam com trechos onde há atendimento de ocorrências, seja de acidentes de trânsito, socorro mecânico ou qualquer outro fato relevante. A segurança viária dos usuários, dos funcionários e das equipes operacionais envolvidas no atendimento às ocorrências nas rodovias estaduais concedidas é prioridade para o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo e suas concessionárias, sob gestão da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo.

Quando há um acidente em um trecho da rodovia, uma viatura de inspeção fica posicionada de forma que resguarde a integridade dos colaboradores durante todo atendimento. Além disso, o local é devidamente sinalizado e isolado por cones, reforço na orientação através de sinalização (cones e bandeirinha), luzes de emergência das viaturas e “homem bandeira”. Essas práticas têm por objetivo deixar visível para os usuários da rodovia o atendimento em andamento. No período noturno, esse trabalho é reforçado com a utilização de sinalização especial, lanternas e bastão luminoso.  A operação é necessária para evitar que ocorram novos acidentes.

O usuário em trânsito pode ter acesso a informações sobre as ocorrências, também, através de comunicação disponibilizada pela concessionária, através de divulgação de mensagens nas praças de pedágio, painéis de mensagens variáveis fixos e móveis (os painéis eletrônicos instalados nas rodovias) e também nos perfis das operadoras nas redes sociais.

Nos casos das ocorrências de alta complexidade, além do atendimento operacional propriamente dito, são acionadas equipes multidisciplinares com ambulâncias (Concessionária, SAMU e Corpo de Bombeiros), guincho, caminhão pipa, Polícia Militar Rodoviária, entre outros. Os recursos humanos e materiais são posicionados em pontos estratégicos buscando sinalizar aos usuários para que fiquem atentos e diminuam a velocidade.

“Os procedimentos de segurança, como a colocação de cones e a interdição do local, garantem a integridade física dos profissionais e a agilidade no atendimento do sinistro, porém, é necessário também que os motoristas mantenham a atenção  para prevenir acidentes. Além disso,  seguir os protocolos vigentes na via durante a ocorrência é fundamental”, explica o diretor de Operações da ARTESP, Walter Nyakas.

Em situações dentro dos túneis, antes da entrada, existem balizadores (seta “X”) instalados no teto dos túneis, que indicam as faixas que estão bloqueadas. O Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária realiza a alteração indicativa das faixas conforme o monitoramento do tráfego à frente, permitindo que o usuário adeque a velocidade e a mudança de faixa com a devida brevidade.

Além disso, o CCO da concessionária coordena as informações enviadas pelas equipes que estão atendendo a ocorrência na rodovia, e, assim, também são utilizados os equipamentos tecnológicos, como as câmeras de monitoramento (CFTV), distribuídas ao longo da rodovia, para a atualização dos canais de comunicação com o usuário – as redes sociais e os painéis eletrônicos, por exemplo.

É importante ressaltar que as equipes operacionais utilizam equipamentos de proteção individual como uniformes refletivos, que ajudam na visualização principalmente à noite.

Concessionárias fazem campanhas

Um bom exemplo de prática inovadora para a segurança é o movimento iniciado pela concessionária CCR AutoBAn denominado “Afaste-se”, com foco na segurança das equipes de atendimento nas rodovias. A campanha consiste no reforço da sinalização e comunicação aos condutores sobre a importância do ato de afastar-se dos socorristas de emergência e outros veículos de serviço, ou seja,  reduzir a velocidade e mudar de faixa de rolamento para dar espaço adequado para a realização do trabalho, e reduzir o risco de atropelamentos. Ao longo do Sistema Anhanguera-Bandeirantes foram implantadas faixas com as seguintes mensagens: “Ao observar viatura em atendimento, mude de faixa” e “Ao observar viatura em atendimento, reduza a velocidade”.

As mesmas mensagens também são veiculadas nos painéis eletrônicos, site e em banners instalados em todas as bases operacionais, alémimpresso distribuído aos motoristas nas praças de pedágio.

Outro caso de boa prática de segurança dos colaboradores dentro do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo é o das concessionárias Intervias e ViaPaulista, ambas do Grupo Arteris. Essas operadoras implementaram, em 2020, o “Programa Caminho Seguro – Atitudes Salvam Vidas”, que traz orientações e ações focadas em reforçar, junto às equipes, que a segurança vem sempre em primeiro lugar durante a jornada de trabalho e fora dela também.

Entre as iniciativas já realizadas com o público interno da Intervias e ViaPaulista estão: uma websérie para reforçar ações que contribuem com a segurança individual e coletiva; a ação “Regras de Ouro” para equipes de obras, tráfego e praças, com orientações que podem evitar acidentes e salvar vidas; alertas focados em segurança; o “Passaporte da Segurança”, que estimula os colaboradores a se aprofundarem em temas estratégicos, e o concurso anual Melhores Práticas, que incentiva a troca de experiências que deram certo entre as concessionárias do grupo, entre outras ações.

Importante destacar que diariamente as equipes operacionais recebem orientações dos técnicos de segurança das concessionárias antes do início dos trabalhos e serviços de inspeção rodovia.

Motorista, atenção!

A ARTESP reforça os cuidados que o motorista deve tomar ao se deparar com uma ocorrência em atendimento na rodovia:

  • Em caso de acidente na rodovia, reduza a velocidade.

  • Mude a faixa de rolamento. Em caso de pista simples, obedeça a sinalização vigente e as orientações das equipes da concessionária.

  • Redobre a atenção ao se aproximar de trecho onde há atendimento de ocorrência ou acidente de trânsito.

  • Ao observar um guincho em atendimento a um veículo com pane mecânica no acostamento, mantenha distância segura.

  • Ao avistar as equipes de manutenção realizando serviços nos canteiros, às margens ou na faixa de rolamento, respeite a sinalização e mantenha uma distância segura.

Sobre a ARTESP 

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 11,1 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 41,1% da malha estadual, abrangendo 335 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, de Campinas, da Baixada Santista, do Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de 27 aeroportos regionais.

(ARTESP – Assessoria de Imprensa   – [email protected]  – www.artesp.sp.gov.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.