Araraquara sedia 1ª etapa da Copa São Paulo de Ciclismo

0
42
(Fotos: Arquivo/Divulgação)

Prova com disputa do troféu “Anésio Argenton, que marca os 204 anos da cidade, será realizada em 22 de agosto, na Via Expressa

Dentro das festividades pelos 204 anos de fundação, Araraquara vai sediar no dia de seu aniversário, 22 de agosto, a 1ª etapa da Copa Paulista de Ciclismo, com a disputa do troféu “Anésio Argenton”, a partir das 9h30, na Avenida Maria Antônia C. de Camargo, ou Via Expressa, num trecho de 3,6 quilômetros.
De acordo com a Federação Paulista de Ciclismo, a prova está aberta para a participação de várias categorias, com inscrições até o dia 20 de agosto por meio do site www.ticketbr.com.br. Outras informações podem ser obtidas no site www.fpciclismo.org.br.
O técnico da equipe da Fundesport e também atleta da categoria Master de ciclismo, João Mantovani, diz acreditar na participação de diversos atletas e equipes de todo o Estado de São Paulo, neste momento de retomada gradual das disputas esportivas.
Vale destacar que no último dia 25 de julho, numa disputa oficial organizada pela Federação Paulista de Ciclismo, depois de um ano e meio sem provas em virtude da pandemia, três ciclistas de Araraquara disputaram a prova do Ranking Paulista de Estrada 2021. Com 140 quilômetros de extensão, essa prova foi disputada por cerca de 120 ciclistas das principais equipes do Estado e do País.
Na oportunidade, João Mantovani chegou em 5º lugar pela categoria Master e os outros dois integrantes da equipe, Luiz Augusto Machioli e Gabriel Montagner Silva, ambos da categoria Elite, conseguiram chegar nos sprint final do principal pelotão.

HOMENAGEM
Vale também ressaltar que o homenageado da etapa de Araraquara da Copa São Paulo de Ciclismo, dia 22 de agosto, Anésio Argenton, é considerado o maior ciclista brasileiro de todos os tempos para provas de pista.
Entre outras conquistas, ele foi detentor da única medalha de ouro do ciclismo brasileiro em Jogos Panamericanos, a de 1959, em Chicago, nos Estados Unidos, e obteve o melhor resultado do ciclismo brasileiro em Olimpíadas, com a 5ª colocação em Roma, na Itália, em 1960, na prova de velocidade individual.
Nascido em Boa Esperança do Sul, em março de 1931, Argenton viveu com a família em Araraquara e morreu em outubro de 2011, aos 80 anos. (Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta