Araraquara poderá ser a primeira parceria brasileira da Microsoft num projeto social

A cidade deu primeiro passo para a criação de cultura de desenvolvimento de software. A ação será oficializada quando a Prefeitura encaminhar à Microsoft o projeto de parceria para o desenvolvimento de políticas públicas sociais na área de Tecnologia da Informação, que começa a ser construído em abril.

O anúncio foi feito na coletiva de imprensa, final do expediente de sexta-feira (17), pelo prefeito Edinho, o secretário Sgobbi e o deputado Barbieri, comitiva que representou o Brasil no Fórum de Líderes das Américas.

Araraquara teve o maior número de representantes e foi a única cidade brasileira que discutiu políticas públicas na área de tecnologias para educação, governo eletrônico e desenvolvimento sustentável. Pesou foi o fato de Araraquara ser um Pólo de Software Aeronáutico, bem como ter o Pólo Tecnológico em desenvolvimento. A empresa acredita que há possibilidade de o Pólo de Tecnologia da Informação absorver os jovens que serão formados por um projeto social. Existe uma preocupação grande, por parte da Microsoft, na área social. Qualificar pode ser, na visão da empresa, uma forma de não deixar que o jovem seja absorvido por coisas ruins, como as drogas e a criminalidade. Barbieri lembrou que o Brasil produz R$ 360 milhões em software por ano e que a qualificação tende a fazer de Araraquara a primeira parceira da Microsoft.

Compartilhe :

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santa Casa de Araraquara pede ajuda para identificar paciente

Show nesta sexta no Sesc Araraquara

Intervenção neste sábado no Sesc Araraquara

Confira as dicas gratuitas para curtir a cidade (20 e 21 de julho)

Contação de história neste sábado no Sesc Araraquara

CATEGORIAS