“Araraquara, Morada do Sol e não do racismo” tem entrega de prêmios nesta quarta

0
111

Personalidades que se destacaram na luta contra a discriminação racial serão homenageadas na Câmara

Terá sequência nesta quarta-feira (17) a programação “Araraquara, Morada do Sol e não do racismo”, iniciativa promovida pela Prefeitura de Araraquara, através da Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais, com o objetivo de combater amplamente o racismo estrutural existente, bem como o racismo institucional que ainda ocorre em diversos espaços.
Para além de despertar para reflexão, a ideia da programação é envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.
A partir desta terça, durante toda a semana, quatro escolas públicas de Araraquara receberão palestras e oficinas realizadas pelo Centro de Referência Afro “Mestre Jorge”. São elas a EE Prof. João Batista de Oliveira (Vila Independência), EMEF. Prof. Hermínio Pagotto (Assentamento Bela Vista), EE Prof. Oacyr Antonio Ellero (Parque São Paulo) e EE Prof. Joaquim Machado Júnior (Jardim Esplanada). “Durante toda essa semana, em dias diversos, estaremos com atividades em escolas da nossa cidade, levando a história e cultura afro, como fechamento do trabalho anual, reforçando principalmente a ideia de que Consciência Negra se aplica o ano todo e o mês de novembro é concretização desse ciclo”, explica a coordenadora de Políticas Étnico-Raciais, Alessandra Laurindo.
Também nesta quarta, às 19 horas, a Câmara Municipal de Araraquara fará a solenidade que marcará a entrega do Prêmio Zumbi dos Palmares ao advogado e empresário Dr. Claudio Claudino (edição 2020) e à professora e socióloga Dra. Valquíria Tenório (edição 2021). Quem também será homenageada é a Dra. Sandra Mara, que receberá o Prêmio Dr. Laphaetty Alves, concedido pela Comissão de Combate à Discriminação Racial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
“A solenidade do Prêmio Zumbi esse ano será muito especial, pois a Câmara Municipal fará a entrega das edições de 2021 e também de 2020, que não ocorreu em decorrência do momento pandêmico. E conseguimos, diante de um diálogo com a Comissão de Combate à Discriminação Racial da OAB e a Presidência do Legislativo, resgatar o Prêmio Dr. Laphaetty Alves, então serão três pessoas homenageadas que expressam de forma ilustre a negritude araraquarense e isso muito nos orgulha”, completa Alessandra.
A programação conta com diversas atrações que visam reforçar que a participação de todos é fundamental para que se compreenda que só alcançaremos uma sociedade antirracista a partir do momento que cada um fizer sua parte. A agenda será composta ainda pelo Fórum “Meio ambiente e Religiosidades Africanas” (dia 18), 15ª Marcha da Consciência Negra (dia 20), Black Family Party (dia 20), apresentação do TCC dos alunos do Curso de Comunicação e Marketing da Uniara com o tema “Centro de Referência Afro Mestre Jorge” (dia 22), palestra “Esporte e Negritudes: a tarefa de ser atleta negro e referência” (dia 24), show com Délcio Luiz (dia 26), show com Chrigor (dia 28) e Dia do Samba – “Aplausos à todos os sambas” (dia 3 de dezembro). Os shows de Délcio Luiz e Chrigor são espetáculos promovidos por parceiros e não pela própria Prefeitura, por isso a entrada será por adesão.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta