Araraquara inicia programação dos “21 Dias de Ativismo contra o Racismo”

0
76
Agenda de eventos visa reunir propostas que pautem o debate pelo fim da discriminação racial

Araraquara é uma das cidades que seguirão o calendário nacional dos “21 Dias de Ativismo contra o Racismo”, campanha que existe desde 2017 e funciona como uma grande agenda antirracista, onde movimentos sociais, coletivos, figuras públicas e pessoas independentes podem propor diversas atividades que pautem o debate pelo fim da discriminação racial.

O mês de março é escolhido, pois no dia 21 de março de 1960, sob o regime racista na África do Sul (Apartheid), foram assassinados 69 jovens e feridos 186, em brutal repressão, conhecida como “Massacre de Shaperville”. Nessa data, cerca de 5 mil jovens negros faziam um protesto pacífico contra a Lei do Passe, que na época obrigava os negros a portarem um cartão que indicava os locais onde era permitida sua circulação. Havia também a luta contra o aprendizado do africâner, a língua do opressor. A polícia sul-africana abriu fogo sobre a multidão desarmada, seguindo o regime de segregação racial adotado de 1948 a 1994. A ONU considerou desde então essa data como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

No Brasil, temos datas significativas no mês para serem lembradas de grande simbolismo para a representatividade negra: 14 de março, que é o dia da execução da vereadora Marielle Franco e também dia do nascimento de Abdias Nascimento e Carolina Maria de Jesus; 16 de março, dia da morte de Cláudia Ferreira e homenagem às vítimas do Estado; e por último, foi sancionada no ano de 2023 pelo presidente Lula a Lei 14.519/2023, que institui no dia 21 de março o Dia Nacional das Tradições das Raízes de Matrizes Africanas e Nações do Candomblé.

A programação dos “21 Dias de Ativismo contra o Racismo” conta com atividades de letramento racial, palestras, rodas de conversa, oficinas, posse do Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo (COMCEDIR) e lançamento da campanha contra o racismo, entre outras. 

 
A coordenadora de Políticas Étnico-Raciais, Alessandra Laurindo, destaca que os “21 Dias de Ativismo contra o Racismo” acontecem em um mês muito simbólico. “É um mês marcado por acontecimentos que mudaram a história preta. Diante disso, Araraquara, mais uma vez, reforça a necessidade de ampliar o enfrentamento ao racismo estrutural, somando na programação nacional e expandindo o debate com uma programação que abrange diversas faixas etárias. Queremos estimular um amplo diálogo com a sociedade e, com isso, naturalizar que temas antirracistas sejam debatidos o ano todo e não só no calendário de novembro. É uma oportunidade de repensar como de fato cada pessoa está contribuindo para eliminar a discriminação racial tão latente em nosso cotidiano”, explicou.
 
Nesta quarta-feira (7), três eventos movimentam a programação. Às 13h30, será realizada a palestra sobre “Protagonismo das Mulheres Negras” na Escola Estadual João Batista de Oliveira. Às 15h30, a equipe da Coordenadoria de Políticas Étnico-raciais participará de um podcast com o tema “Educação Antirracista. Às 16h30, será realizado o Chá da Tarde com a Velha Guarda, uma roda de conversa na Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”. Confira a programação completa:
 

21 DIAS DE ATIVISMO CONTRA O RACISMO – PROGRAMAÇÃO

Dia 7 de março, quinta-feira
13h30 – Palestra sobre “Protagonismo das Mulheres Negras”. Local: Escola Estadual João Batista de Oliveira
15h30 – Participação do Pod Cast – Educação Antirracista. Local: Secretaria de Educação
16h30 – Chá da Tarde com a Velha Guarda (Roda de conversa e escuta afetiva). Local: Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”

 
Dia 8 de março, sexta-feira
Das 17h às 21h30 – Feira Afro (Espaço cultural e colaborativo para o fomento do empreendedorismo afro). Local: Espaço Garimpo – Sesc Araraquara
Realização: Sesc Araraquara
 
Dia 9 de março, sábado
18h – Abertura Oficial do Projeto Abebé – Roda de conversa e apresentação da Oficina de Tambores de Deusas com Helena de Opará
Realização: Ile Asé Osun Opará

Dia 13 de março, quarta-feira
9h30 – Lançamento do Projeto Quilombinho. Local: Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”

 
Dia 14 de março, quinta-feira
18h30 – Roda de Conversa com as mulheres do Hip Hop. Local: Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”

20h – Slam em homenagem à Marielle / Abdias do Nascimento e Maria Carolina de Jesus. Local:  Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”
Em parceria com a Assessoria da Juventude

 
Dia 15 de março, sexta-feira
Das 17h às 21h30 – Feira Afro (Espaço cultural e colaborativo para o fomento do empreendedorismo afro). Local: Espaço Garimpo – Sesc Araraquara
Realização: Sesc Araraquara

19h – Roda de Conversa Mulheres Negras. Local: Centro de Referência da Mulher

Dia 16 de março, sábado
10h – Programa Afro Mulheres. Local: Residencial dos Oitis

Dia 18 de março, segunda-feira
19h – Letramento Racial aberto para toda Comunidade. Local: Casa SP Afro Brasil “Oswaldo da Silva Bogé”

Dia 21 de março, quinta-feira
19h – Posse Comcedir / Lançamento da Campanha contra o Racismo. Local: Sala de Reuniões da Prefeitura

Dia 22 de março, sexta-feira

Das 17h às 21h30 – Feira Afro (Espaço cultural e colaborativo para o fomento do empreendedorismo afro). Local: Espaço Garimpo – Sesc Araraquara
Realização: Sesc Araraquara

Lançamento do Programa Juventude Negra Viva em Brasília

Dia 27 de março, quarta-feira
19h – Oficina de Cartazista. Local: Centro de Referência Afro Mestre Jorge

(Em parceria com a APRECABA – Associação de Preservação, Resistência e Resgate da Cultura Afro Brasileira de Araraquara)
 
SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.