Após 14 jogos, futsal feminino perde invencibilidade

0
91
Foto: Divulgação

Mesmo com a derrota em Marília pela Liga Nacional, Ferroviária/Fundesport só depende de si para passar de fase

Após 14 jogos de invencibilidade na temporada em que disputa três competições de forma simultânea, o futsal feminino da Ferroviária/Fundesport perdeu por 5 a 3 para o Marília, na noite desta quarta-feira (3), em Marília, pela nova Liga Nacional.
Antes, na Liga Paulista, no encerramento da primeira fase, ganhou de Valinhos por 5 a 1, na sexta-feira (29 de outubro), em Valinhos, e do Mogi das Cruzes por 4 a 1, no sábado (30), também em quadra adversária.
Com esses dois últimos resultados positivos, Araraquara terminou a primeira fase da Liga Paulista em 1º lugar na tabela de classificação, com 9 vitórias, 1 empate e apenas duas derrotas.
Por essa campanha, conforme o regulamento do torneio, passou direto para a fase semifinal, em data ainda a ser confirmada.
Segundo o técnico Rene Benacci, o time não repetiu em Marília os desempenhos anteriores, talvez pelo cansaço dos últimos cinco jogos em nove dias, além de cinco viagens.
“No geral, defesa e ataque não estiveram numa noite inspirada, ao contrário dos últimos jogos”, explica Rene.
Ainda de acordo com o treinador, como o próximo duelo por esta nova competição nacional será somente no dia 22 de novembro, contra Bebedouro, às 19h30, em Bebedouro, a tendência é a equipe se acertar novamente.
Até porque, o time depende de si próprio para se classificar à outra fase, já que ganhou o primeiro jogo por 3 a 2 do São Carlos, no último dia 25 de outubro, em São Carlos.
Este grupo tem apenas quatro equipes nesta etapa (Araraquara, São Carlos, Marília e Bebedouro) e dois passam para a seguinte.
Vale lembrar que na outra Liga Nacional, disputada em âmbito estadual, a Ferroviária/Fundesport já está classificada para as quartas de final e na próxima quarta-feira (10) vai enfrentar Américo Brasiliense, às 20h30, em Gavião Peixoto.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Araraquara)

Deixe uma resposta