Análise Cinematográfica

0
353

Colaborador: Bruno Sanches Bosso Munhoz

FICÇÃO AMERICANA

Quando vi “Ficção Americana” no catálogo da Prime Video, inclusive o filme é indicado para maiores de 16 anos, não percebi que estava concorrendo ao Oscar. Porém, quando terminei de assistir, entendi o porquê de sua indicação. Este não é um filme com fotografia espetacular ou grandes efeitos especiais. É um filme simples, que retrata e crítica a nossa sociedade, satirizando pessoas que consomem conteúdos, muitas vezes exagerados, e pensam que esta é a verdade.

Inspirado no livro “Erasure”, de Percival Everett, o recente diretor Cord Jefferson cria um filme que mistura sátira e drama, nos levando a rir e refletir sobre o que estamos consumindo e investindo em relação ao conteúdo.

Thelonious Ellison (Jeffrey Wright), conhecido como “Monk”, é um escritor que se vê em desespero após ter seu livro recusado por diversas editoras. Enquanto livros que simplificam os negros em pessoas do gueto, com pais ausentes, brigas de rua, que dizem gírias e palavrões o tempo todo, estão sendo vendidos e consumidos por milhares de pessoas – em sua maioria brancas – que veem nessa literatura uma forma de entender e se sensibilizar com os negros. Além dessa trama, Monk passa por problemas com a sua família, tendo que lidar com uma relação instável com seus irmãos e cuidar de sua mãe com Alzheimer.

Reitero o que disse anteriormente, um livro é muito mais do que uma capa e uma frase de efeito. Isso vale tanto para livros, filmes e pessoas. Te convido, então, a assistir a este filme que aborda de uma maneira diferente o tema do racismo. E te convido também a se aprofundar mais na vida, não fique apenas no conhecimento superficial sobre algo, mergulhe. Passe horas buscando e conhecendo algo novo, algo diferente. Saia da rotina, conheça pessoas novas de realidades totalmente diferentes da sua. Tenho certeza de que você irá olhar o mundo com outros olhos depois dessa experiência.

Disponível na Prime Video, este é “Ficção Americana”, uma ficção sobre a realidade que não parece tão irreal assim. Nota: 8/10. Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.