Ampliação de ciclovias será discutida em Audiência Pública na Câmara Municipal

0
115
Vereador Carlão do Joia (Patriota)

Vereador Carlão do Joia (Patriota) encaminhou proposta à Prefeitura

De acordo com levantamento da Coordenadoria Municipal de Mobilidade Urbana, a malha cicloviária de Araraquara abrange 7,7 quilômetros no perímetro urbano. Em outubro, o vereador Carlão do Joia (Patriota) encaminhou proposta, sugerindo, à Prefeitura, a ampliação de ciclovias e ciclofaixas no município.
O vereador justifica o pedido, citando dados da Fundação Seade que preveem crescimento da população de Araraquara para 236.500 habitantes em 2030. “Uma das diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana é a mitigação dos custos ambientais, sociais e econômicos dos deslocamentos de pessoas e cargas na cidade, e as ciclovias constituem uma das infraestruturas de mobilidade urbana que cumprem tal objetivo”, afirma Carlão.

Audiência Pública
Com o objetivo de planejar o futuro da mobilidade da cidade no pós-pandemia, será realizada, na Câmara Municipal, no dia 11 de novembro, às 17h30, a 2ª Audiência Pública sobre Plano de Mobilidade Urbana de Araraquara. O encontro terá a apresentação do MOBILIdados, um diagnóstico atual da cidade que subsidia a proposta de mobilidade urbana elaborado por equipe de pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
Em cumprimento à Lei nº 12.587/12, os Planos de Mobilidade Urbana (PlanMob) devem ser revistos a cada dez anos. No entanto, por conta da pandemia de Covid-19, a Lei nº 14.000/20 prorrogou o prazo de atualização dos PlanMob para 12 de abril de 2023, para cidades com até 250 mil habitantes. O último plano de mobilidade realizado por Araraquara foi em 2008.
A audiência ocorrerá na Câmara Municipal, mas devido aos cuidados para evitar aglomeração, será transmitida ao vivo pela TV Câmara (Canal 17 da NET, Facebook e YouTube) e pelo canal da Prefeitura no YouTube. A atividade, que disponibilizará meio de participação online, também servirá para colher sugestões e propostas de toda população sobre o assunto.

(Comunicação Social – Câmara Municipal de Araraquara)

Deixe uma resposta