Alunos da EMD participam de oficina de Danças Afro-Brasileiras

0
88
Foto: Tetê Viviani

Aulas foram realizadas na escola na última segunda-feira, de modo on-line

Mais uma atividade realizada por meio da parceria estabelecida entre a EMD (Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira) e os mestrandos do PRODAN-UFBA (Programa de Pós-Graduação em Dança da Universidade Federal da Bahia) acontece esta semana.

Nesta segunda-feira (13 de junho), os alunos da EMD participaram da oficina sobre Danças Afro-Brasileiras, com Rose Bárbara, mestranda no Programa de Pós-Graduação Profissional em Dança da Universidade Federal da Bahia-UFBA (PRODAN-UFBA). A atividade foi realizada de modo on-line.

“A proposta da oficina das danças Afro-Brasileiras busca fazer compreender suas funções de socialização, expressão artística identitária em diálogo com a estética corporal dos educandos. Fator preponderante para formação da autoestima e confiança dos sujeitos participantes do processo estético criativo de danças Afro-Brasileiras”, aponta a profissional da Dança. “Em cada encontro são sugeridos movimentos diversificados para, que o educando possa descobrir as múltiplas possibilidades corporal através do conhecimento prático-científico das danças Afro-Brasileiras.”

Rose Bárbara é profissional da Dança dedicada há 28 anos ao universo afro-brasileiro. Licenciada em Dança pela UFBA, é especialista em Metodologia dos Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, pela Faculdade Olga Metting (2009) e acumula experiências como dançarina e formadora de diversos grupos, em diferentes espaços.

É coordenadora do Curso Preparatório e do Núcleo de Estudos em Dança Afro-Brasileira – AGO, ambos vinculados ao Centro de Formação em Artes da FUNCEB (CFA). Também ministra aulas nos Cursos Livres da Escola de Dança da mesma fundação, como professora de Dança Afro-Brasileira, desde 2018.

Vale destacar que, desde o ano passado, vem sendo realizada a parceria com mestrandos do PRODAN-UFBA e a EMD, aproximando a universidade do Ensino Básico que acontece de forma voluntária.

“Esta é uma parceria bastante potente e que promove o intercâmbio de ideias no campo da Dança, motivando pesquisas, reflexões e críticas”, aponta a coordenadora técnica e artística da EMD, Georgia Palomino.

SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO
PREFEITURA DE ARARAQUARA

Deixe uma resposta