5 dicas para quem sofre desconforto por causa dos sapatos

0
103

Quase 30% dos homens e mais de 54% das mulheres têm dificuldade para encontrar sapatos adequados. A informação vem de uma pesquisa feita com 26.339 pessoas pela empresa “Pés Sem Dor”.

Usar calçados desconfortáveis por muito tempo pode causar muito mais do que desconforto. Calçados inadequados provocam patologias e deformações, como mostra Mateus Martinez, diretor de fisioterapia na Pés Sem Dor, no vídeo “5 Problemas Causados por Sapatos Apertados”.

Sapato apertado não é necessariamente aquele cuja numeração é menor do que a indicada para cada pessoa. Muitas vezes é o formato do calçado que não acomoda bem os pés, causando desconforto e provocando inúmeros problemas. Conforme a pesquisa da Pés Sem Dor, 14,9% dos homens e 25,6% das mulheres dizem que a largura padrão dos sapatos não é adequada para eles. Ou seja: mais de ¼ da população feminina sofre com o formato padrão dos calçados oferecidos pela indústria.

Usados com regularidade, esses calçados mais rígidos e desconfortáveis podem causar bolhas, calos, dores, inflamações e até deformações. Quem já não sofreu com uma unha encravada? Conforme pesquisa, 34,8% dos homens e 43,8% das mulheres têm ou tiveram unha encravada nos últimos 12 meses.

Sapatos apertados, quando usados com frequência, também podem provocar outras lesões. Uma delas, bastante frequente, é a Fascite Plantar: uma inflamação nos tecidos que ficam na sola dos pés que pode causar dores desde o calcanhar até as pontas dos pés. A fascite plantar pode ocorrer por diversas causas, mas o uso de calçados inadequados tanto pode provocar a lesão, quanto pode acelerar o problema quando causado por outros fatores.

Sapatos de bico fino são elegantes e muito usados em alguns ambientes profissionais. Mas eles podem apertar, fazendo com que os dedos fiquem sobrepostos. O uso regular desse tipo de calçado pode causar a sobreposição permanente dos dedos. Segundo a pesquisa, 10% da população brasileira apresentam dedos sobrepostos. Uma condição irreversível, que tende a se agravar na medida em que envelhecemos.

Outra deformidade bastante comum em quem usa calçados apertados regularmente são os dedos em garra ou martelo. Os tecidos na sola do pé se retraem provocando um tipo de encolhimento nos dedos. Essa deformidade causa muito desconforto por causa do atrito com o calçado, que provoca o surgimento de calos, bolhas e causando dores e desconforto.

Os bicos finos das sapatilhas e os sapatos de salto são responsáveis por outra deformidade muito comum, especialmente nas mulheres: o joanete e o bunionete. Para quem não sabe, o joanete ou Alux Rígido é aquele processo que leva o dedão do pé a se voltar para dentro, na direção dos outros dedos fazendo surgir uma protuberância do lado oposto que pode se tornar muito dolorida e incômoda. O Bunionete acontece do outro lado do pé: é quando o dedinho se volta para dentro. Todas essas lesões são permanentes. Só é possível reverter por meio de cirurgias. Mas é possível retardar ou prevenir o desenvolvimento seguindo algumas dicas:

1.       Experimente – Parece óbvio, mas nem sempre é possível experimentar um calçado antes de comprar, comenta Mateus Martinez. Assim, se você ganhou ou comprou o calçado pela internet, procure experimentar assim que ele chegar em suas mãos. Se perceber que ele fica muito grande, muito pequeno ou causa atrito em algum ponto do pé, o melhor a fazer é trocar ou devolver.

2.      Na dúvida, compre o maior – alguns modelos têm uma numeração que parece não servir na gente. Ou ficam muito grandes, ou muito pequenos. Nesses casos, o ideal é sempre optar pelo que ficou mais folgado no pé, recomenda Mateus Martinez. Ou procurar um outro modelo que calce melhor.

3.      Troque com frequência – Quem precisa trabalhar com sapato social deve evitar usar o mesmo par o tempo todo. Tenha mais de um e troque todos os dias. Mesmo no caso de uniformes é ideal ter, ao menos, dois pares e intercalar o uso para permitir que o suor que ficou no calçado evapore reduzindo as chances do surgimento de fungos que causam mau cheiro.

4.     Use palmilhas sob medida – Diferente da palmilha pré fabricada, que é igual para todo mundo, a palmilha sob medida é feita de acordo com o formato dos pés de cada indivíduo e vai agir precisamente naqueles pontos que recebem mais pressão, resolvendo dores nos pés, tornozelos e joelhos, informa Mateus Martinez.

5.      Use calçados sob medida – feitos um a um, de acordo com o formato dos pés da pessoa, o calçado sob medida é ideal para quem não consegue comprar sapatos em lojas comuns. Ele acomoda perfeitamente os pés, dando suporte e conforto. Especializada na confecção de palmilhas e calçados sob medida, a Pés Sem Dor oferece um catálogo com os mais variados tipos e modelos: desde chinelos de dedo até sapatos sociais, passando por tênis, botas e sandálias. A empresa pesquisa e desenvolve calçados sob medida para as mais diversas necessidades: diferenças de membros, amputações, calçados para diabéticos, pessoas com nanismo, hanseníase entre outros.

Para saber se a palmilha ou calçado sob medida pode ajudar a resolver suas dores e desconfortos, agende uma avaliação gratuita na Pés Sem Dor. A empresa conta com mais de 70 unidades de atendimento em todo o Brasil. Confira aqui os endereços mais próximos.

Links úteis:

Pesquisa – Pés dos Brasileiros – https://www.pessemdor.com.br/pesquisas/os-pes-brasileiros/

Vídeo 5 Problemas causados por sapatos apertadoshttps://youtu.be/JHB95YLSLHo?si=9mG76VjEb8Y7PWjQ

Fascite Plantar – https://www.pessemdor.com.br/blog/5-dicas-essenciais-para-lidar-com-a-fascite-plantar/

Dedos Sobrepostoshttps://www.pessemdor.com.br/dores/diagnostico-de-dores/dedos-sobrepostos/

Dedos em Garra ou Martelo https://www.pessemdor.com.br/blog/conheca-tudo-sobre-os-dedos-em-garra-e-em-martelo/

Joaneteshttps://www.pessemdor.com.br/joanete/

Palmilhas Sob Medida – https://www.pessemdor.com.br/palmilhas/

Calçados Sob Medida – https://www.pessemdor.com.br/calcados-sob-medida/

Avaliação Gratuitahttps://pessemdor.com.br/agendamento/

(Solange Capozzi)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.