4 dicas para manter os ratos longe de casa

0
114
Foto: Joshua J. Cotten/Unsplash

Ter atenção com a higiene de casa e bloquear buracos ou locais que podem servir de entrada para os roedores são ações que ajudam a mantê-los distantes

Apesar de aparecerem em filmes infantis como animais inofensivos e divertidos, os ratos podem ser verdadeiras pragas urbanas e oferecer inúmeros riscos à saúde. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os roedores são portadores de mais de 35 doenças transmissíveis, como leptospirose, tifo, peste bubônica e salmonelose.

Dependendo da espécie, os ratos podem viver nos esgotos e até mesmo dentro de casa, nos eletrodomésticos como fogões, máquinas de lavar e geladeiras. Ao contrário do que muita gente pensa, os roedores são animais espertos que sabem bem como iniciar uma infestação nas residências.

Quando isso ocorre, é indicado recorrer a serviços de desratização. Mas para quem deseja evitar chegar a esse ponto, existem algumas dicas que podem ser úteis para manter esses animais aparentemente inofensivos longe de casa.

1. Tenha atenção aos restos de alimentos

Um dos principais atrativos para roedores em uma residência são os restos de alimentos, afinal, é por meio desses focos que eles garantem a sobrevivência. Sendo assim, após uma refeição, os produtos que ainda serão consumidos futuramente devem ser vedados e os restos, depositados da forma correta na lixeira.

Cabe ressaltar que os ratos são animais onívoros e gostam de se alimentar de frutas, carnes e ovos. No entanto, quando percebem a falta desses itens, eles podem buscar por outros alimentos, como o queijo.

Para evitar que os ratos se sintam em casa, deve-se evitar o excesso de louça suja na pia, migalhas espalhadas pela casa e qualquer outro tipo de sobra de alimento exposto.

2. Vede bem as latas de lixo

Assim como os restos, o lixo à mostra também é o convite perfeito para os roedores. Isso porque, quando não encontram comida, eles costumam buscar nos lixos.

Por esse motivo, manter a atenção na hora de armazenar as sobras de alimentos na lixeira também evita que os ratos marquem presença em casa. Por serem animais roedores, eles podem acabar rasgando os sacos plásticos com facilidade. A dica é reforçar as sacolas e depositá-las em lixeiras com tampa.

Essa atenção com o lixo ajuda a manter não somente os ratos longe de casa, como também outras pragas urbanas como baratas, moscas e pombos.

3. Mantenha quintais e terrenos sempre limpos

Manter ambientes sempre limpos é uma forma de evitar a presença de ratos nas residências. Quintais e terrenos, por exemplo, são alguns dos principais locais que podem abrigar os roedores.

É importante realizar limpeza, manutenção e podar a vegetação sempre que possível para manter a altura ideal.

Além disso, locais e objetos escuros, úmidos e com má ventilação também devem receber cuidado especial. Caixas de papelão molhado, embalagens, móveis abandonados e objetos entulhados podem contribuir para a presença dos ratos e outras pragas.

4. Tape os buracos nas paredes

Os roedores são animais ágeis e flexíveis que encontram em qualquer brecha um local perfeito para morar. Geralmente, buracos em paredes, ralos abertos e até mesmo janelas podem ser pontos de entrada e saída dos ratos.

O recomendado é tapar buracos com massa corrida, usar fitas próprias para vedação de frestas menores e gessos ou argamassa para as maiores. Os ralos devem ser fechados com tampas que permitem a saída de água, mas sem oferecer brechas para os roedores. Já para as janelas, pode ser adotado o uso de telas de proteção em locais onde há uma expressiva presença de ratos.

(Luiz Affonso Mehl – Analista de Link Building – www.expertamedia.com.br)

Deixe uma resposta