05 de Fevereiro – Dia do Dermatologista: Saiba quais são as queixas mais comuns nos consultórios

0
90
Two young women in white bathrobes standing isolated on white. Girls wearing white towels on their hair. Girls have a eye patches on their faces.

No dia 5 de fevereiro é celebrado o Dia do Dermatologista, especialidade médica responsável pelo tratamento e prevenção de doenças da pele, pelos, cabelos e unhas.

Segundo o Dr. José Roberto Fraga Filho, dermatologista membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Diretor Clínico do Instituto Fraga de Dermatologia, existem mais de 3 mil doenças dermatológicas, então a partir do momento em que você observa qualquer mudança suspeita na pele, manchas, alteração na cor e tamanho de pintas, coceira persistente queda de cabelo ou unhas, que não melhora ou mesmo piora é o momento de se procurar um especialista em pele ou seja um dermatologista.

“A dermatologia não trata somente a doença como também tem a função de evitar que muitas doenças venham a aparecer como por exemplo os canceres de pele. Também cuidamos do envelhecimento da pele com enorme arsenal não só medicamentoso como de procedimentos como Peelings, Toxina Botulínica (o famoso Botox), Preenchimentos com ácido hialurônico e também a utilização de tecnologias como Lasers, Ultrassom Microfocado, Luz Pulsada entre outros”, explica Dr. Fraga.

As principais queixas na dermatologia, são:

–   O tratamento e prevenção do aparecimento de acne, que se inicia principalmente na adolescência podendo perdurar até a idade adulta.

–   O Skincare, ou seja, os cuidados para cada tipo de pele com orientação sobre a utilização de filtros solares.

–   Prevenção e tratamento de pintas pelo corpo retirando as quando suspeita para câncer.

–  E doenças como urticaria, infecções como DST (doença sexualmente transmissível), parasitas na pele como o “bicho geográfico”, doenças inflamatórias como Psoríase, Lúpus.

Vale ressaltar que não existe uma idade fixa a qual se pode frequentar um consultório dermatológico, a idade varia desde os primeiros dias de vida até a velhice, sendo que conforme a faixa etária as queixas são diferentes, desde dermatite de fraldas até o ressecamento da pele na velhice, mas normalmente a procura se inicia na adolescência com preocupação com aparecimento de acne que é muito frequente nessa faixa etaria.

Fonte:

Dr. José Roberto Fraga Filho

Médico dermatologista, membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, fundador e Diretor Clínico do Instituto Fraga de Dermatologia.

Instagram: @fragadermatologia

(Carol Freitas Assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.