JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

E... QUANDO CHOVER?

Sistema vai permitir economia de energia elétrica. Continua instalação de 720 placas de energia fotovoltaica (energia solar). O prefeito Edinho visitou as obras e festejou o ritmo.

O sistema fotovoltaico vai permitir que a unidade seja sustentável, mantendo o prédio com a luz solar.

A unidade de saúde será inaugurada como unidade de retaguarda para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) disponibilizando leitos hospitalares e estrutura de apoio com exames laboratoriais, ultrassom, tomografia, raio-x, endoscopia e colonoscopia. Serão 40 leitos: 22 de enfermaria, 12 para exames e 06 monitorizados.

O objetivo é que todos os casos mais urgentes das UPAs, mas que não necessitam de internação na Santa Casa de Misericórdia sejam enviados para a unidade do Melhado. Isso vai desafogar o atendimento na Santa Casa que atende Araraquara e mais 17 cidades da região.

OBRA DO MELHADO

Tem investimento de R$ 8 milhões, liberados pelo Ministério da Saúde em dois convênios: R$ 4 milhões para reforma, adequações e ampliações, além da construção de leitos-dia, e outros R$ 4 milhões para a compra de equipamentos para o Centro de Diagnóstico.

As obras estão indo muito bem e equipamentos estão sendo adquiridos.

No Melhado toda estrutura de diagnóstico por imagem. Quando o paciente entrar em uma UPA e precisar de um diagnóstico, em vez de ficar esperando vaga vai buscar o diagnóstico, com exames. "Aqui terá quarto, alimentação, direito a acompanhante. A unidade de Melhado será um suporte para todas as UPAs", explicou o prefeito Edinho Antonio Silva.