JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Teste o seu Português (581)

Prof.ª Dr.ª Terezinha Bellote Chaman (*)

"Quanto mais acredito na ciência, mais acredito em DEUS."

A BAGAGEM

"Quando a sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão... À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando, porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes. Num determinado ponto do caminho, começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesam demais... Então você pode escolher: Ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem...

Você pode ficar a vida inteira esperando, até que os seus dias acabem...

Ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala. Mas o que tirar? Você começa tirando tudo para fora... Veja o que tem dentro: Amor, amizade... Nossa! Tem bastante... Curioso, não pesa nada... Tem algo pesado... Você faz força para tirar... É a raiva, como ela pesa! Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo... Nesse momento, o desânimo quase o puxa para dentro da mala... Mas você o puxa para fora com toda força. No fundo aparece um sorriso, sufocado no fundo de sua bagagem... Pula para fora outro sorriso. Mais outro. Aí sai a felicidade... Então você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira a tristeza... Agora, você vai ter de procurar a paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante dela... Procure então o resto, a força, a esperança, a coragem, o entusiasmo, o equilíbrio, a responsabilidade, a tolerância e o bom e velho... humor. Tire a preocupação também, deixe-a de lado. Depois você pensa o que fazer com ela. Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo. Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein? Agora é com você e não se esqueça de fazer isso mais vezes, pois o caminho é longo... Muito longo... Lembre-se sempre disso". E no dizer do poeta espanhol Antonio Machado: "Caminante no hay camino, se hace camino al andar".

Teste o seu Português

01 Hoje em dia, fumante ___________ é o que mais existe?

a ( ) pasivo;

b ( ) pacivo;

c ( ) pascivo;

d ( ) passivo.

02 Dizem que o chá de ___________ acalma os nervos.

a ( ) alecrim;

b ( ) arlecrim;

c ( ) arlequim.

03 - Há pouco tempo, fiz um cruzeiro e fiquei hospedada em uma __________ especial.

a ( ) cabini;

b ( ) gabine;

c ( ) cabina;

d ( ) cabine.

04 Aquele cidadão começou a ___________, depois do almoço.

a ( ) soluçar;

b ( ) solussar;

c ( ) solusar.

05 Pedro está com as ____________ inflamadas.

a ( ) amígdalas;

b ( ) amiguidalas;

c ( ) amídalas.

06 Devemos estudar os peixes em seu _____________ natural.

a ( ) habitat;

b ( ) hábitat;

c ( ) habitá;

d ( ) habitate.

07 Às vezes eu utilizo ___________________ em minhas receitas.

a ( ) colorante alimentar;

b ( ) colorante alimentício.

08 Essa ________________ não quer me deixar em paz!

a ( ) inchaqueca;

b ( ) enchaqueca;

c ( ) inxaqueca;

d ( ) enxaqueca.

09 No cafezinho, você coloca açúcar e mexe com a _____________.

a ( ) colherinha;

b ( ) colherzinha.

10 Abri o forno e ouvi um ____________, quando peguei a travessa.

a ( ) estalo;

b ( ) estralo.

(*) Pesquisadora do GEPEFA Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Famílias.

Respostas

Resp 1.: d Hoje em dia, fumante passivo é o que mais existe?

Passivo (= que sofre uma ação, que não age e nem reage).

Resp 2.: a - Dizem que o chá de alecrim acalma os nervos.

Alecrim (= arbusto de cheiro forte e agradável, usado como remédio e como condimento).

Arlequim (= pessoa fantasiada de traje multicor, em geral de losangos).

Resp 3.: c d - Há pouco tempo, fiz um cruzeiro e fiquei hospedada em uma cabina ou cabine especial.

Cabina ou cabine (= refere-se a um compartimento para passageiros, em navio ou trem; camarote).

Resp 4.: a - Aquele cidadão começou a soluçar, depois do almoço.

Soluçar (= emitir ruído devido à contração do diafragma).

Resp 5.: a c Pedro está com as amígdalas ou amídalas inflamadas.

Amígdala ou Amídala (= cada uma das glândulas ovóides, em forma de amêndoa, existente à entrada da garganta).

OBS.: Usa-se especialmente no plural e com maior frequência: amígdalas.

Resp 6.: b - Devemos estudar os peixes em seu habitat / hábitat natural.

Obs.: A forma portuguesa dicionarizada, mas pouco usada, é hábitat.

O que mais se vê é a palavra latina habitat = "(ele) habita". O plural de hábitat é hábitats.

Resp 7.: a b - Ao dizer colorante alimentar ou colorante alimentício, estou usando dois adjetivos com o mesmo significado.

Portanto, no caso, podemos usar tanto um como o outro: colorante alimentar ou colorante alimentício.

Resp 8.: d - Essa enxaqueca não quer me deixar em paz!

Enxaqueca (= dor de cabeça muito forte).

Resp 9.: a b - No cafezinho, você coloca açúcar e mexe com a colherinha ou colherzinha.

Colher mais o sufixo - inha = colherinha.

Colher mais o sufixo - zinha = colherzinha.

Portanto, as duas palavras colherinha e colherzinha significam a mesma coisa.

Resp 10.: a b - Abri o forno e ouvi um estalo ou estralo, quando peguei a travessa.

Estalo ou estralo = são formas variantes.

Desta forma, você poderá usar estalo ou estralo.

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP)~e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente Dois Córregos (SP), Tribuna do Norte Natal (RN), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca Franca (SP) e Diário de Sorocaba Sorocaba (SP) Jornal de Itatiba Itatiba (SP) O Liberal Regional Araçatuba (SP) Diário da Serra Tangara da Serra (MT).