JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Dengue-2 em circulação na cidade

Preocupação nos municípios com excesso de casos

O governo estadual está alerta depois que a circulação do sorotipo 2 da dengue foi confirmada em 19 municípios do interior. Os pacientes infectados por sorotipos diferentes, num período de seis meses a três anos, podem ter uma evolução para as formas mais graves da doença.

645 MUNICÍPIOS

O sorotipo 2 foi detectado em Andradina e Pereira Barreto (Região Administrativa de Araçatuba); Barretos, Bebedouro, Pirangi e Vista Alegre do Alto (R.A. de Barretos); Espírito Santo do Pinhal, Piracicaba e Santo Antônio de Posse (R.A. de Campinas); Araraquara (R.A. Central); Catanduva, Indiaporã, Ipiguá, Itajobi, Mirassol, São José do Rio Preto e Uchoa (R.A. S. J. do Rio Preto); além de Bauru e Ribeirão Preto, que são municípios-sede de região.

CONCENTRAÇÃO

"É importante destacar que o sorotipo 2 está mais concentrado nos municípios das regiões de Araçatuba e São José do Rio Preto. Também não podemos ignorar o fato de já ter sido identificado na região de Campinas, principalmente em Santo Antônio de Posse, praticamente no Circuito das Águas, que recebe um grande número de turistas", comentou Edmir Chedid.

ORIENTAÇÃO

As equipes de saúde dos municípios em que a circulação do tipo 2 foi identificada estão sendo orientadas a dar assistência cuidadosa aos pacientes com suspeita da doença. "No ano passado, num caso de dengue, quando só circulava o tipo 1, se o paciente estava bem apenas tomava líquido e era mandado para casa; se tivesse alguma coisa, voltaria ao hospital. Hoje, para fazer isso, é preciso ter convicção, ou seja, ficar mais tempo com o paciente no hospital", concluiu.