JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Sonho: juntar todos os AMIGOS

Texto: Benedito Salvador Carlos (Benê), colaboração de Deives Meciano.

A vida dá lições incríveis, dia após dia. Com elas contabilizamos alegria e reflexões.

Nesta época aumenta sentimento de saudade que não consigo controlar. Rememoro pessoas e acontecimentos, fecho os olhos, viajo para lugares que passei ou gravei de fotografias e revistas. Os relatos me transportam para emoções represadas, ainda tão presentes em minha vida.

Outro dia encontrei Adolpho Tedeschi Neto (Nego) que de forma tão carinhosa me cobrou: "Vamos fazer uma festa, o Moto Clube merece um grande encontro". No mesmo instante pensamos em reunir pessoas, pilotos ou não, que fizeram parte de um período de glamour de nossa vida. Relacionamos nomes e conforme a lista ia crescendo, muitas lacunas foram se formando e, ao mesmo tempo, muitas gargalhadas de fatos que o tempo não levou.

Na minha cabeça, um turbilhão de alegria, abraço, choro, riso e histórias incompletas.

Pensei no ambiente: num barracão de oficina? Em qual barracão? Já não temos mais barracão. Os tornos, as prensas, as bancadas e as chaves viraram sucatas e as poucas motocicletas se tornaram relíquias e são peças de museu que já nem mais podemos tocá-las. E as pessoas? Algumas estão por aqui, outras tomaram rumos bem distantes e as mais importantes, por ironia do destino, nos deixaram. Na verdade, esse é sonho!

DESFILE DE PESSOAS

Queríamos encontrar todos que através da motocicleta de corrida passaram por nossa vida. Da minha parte, tem dias que bate uma saudade que eu não sei onde começa e nem onde termina. Tenho uma sensação inebriante, um frio na espinha, um calor que brota no coração, percorre meu corpo e se aloja em minha alma. Meus olhos, já cansados, tomam refresco de lágrimas teimosas e minha boca seca busca a brisa que o vento do autódromo de Interlagos, com o tempo, deixou de nos tocar.

REVENDO

Talvez a festa nunca se realize. Como diz o poeta "nada será como antes". Melhor não mexer com isso e deixar as coisas como estão, do jeito que cada um guarda, imagina e ainda sonha. De olhos fechados passa um filme preto e branco, por vezes em cores com cenas misturadas a vozes... Vejo e escuto (Penha) José da Penha Moreira, Victórinho Barbugli, Eduardo Luzia, Vanderlei Cavalari, Sergio Faito, Negão (Luiz Antonio Candido), Manolo (Emanuel Toledo Lima) e Manolo (Bucho) que conversam animadamente.

Em outra sala Bianchini, Dinho DallAcqua, Paulo Pecin, Evaldo Salerno, Neto (Olympio Bernardes Ferreira), Baiano Faito, Luiz Carlos Gonçalves, Helio Alves Pinto, Edivilmo, Diogo e Zé Faito gargalham vitorias, conquistas e amizades. No outro canto, Pinho (José Manoel do Amaral Sampaio), Zé Duvílio (José Roberto Tedeschi) e Waldemar Zago continuam trabalhando peças, tintas e cores.

Luiz Carlos de Oliveira, nosso fotógrafo oficial, Peixeiro, Berto da Funerária, Nei Elias, Edimur, Gilmar e Toninho das Dornas ao fundo, ouvindo Valdemir Munhoz Rastelli e suas intermináveis piadas.

Os irmãos Passalacqua, como sempre, em seu quintal. Selvino, Dario Pires, Dindão e Augusto Espeleta ao lado de seus projetos futurísticos teorizando a preparação de seus motores.

Nilton Gonçalves (Boca) e o Engenheiro Mecânico Murilo Leonardi com a discrição que lhes é peculiar, só observando. Beto e Marcos Placco, Sylvio Silva Filho (Aermachi), Dr. Biju (Zundapp 100), Jair Galeani, Roldão Junior, Paulinho Ciborg, Zé Antonio Pecin, Camilinho Dinucci, Paulo Afonso, Felipe Giansante, Adilson Mascia, Nivaldo Papini, Elias Abi Rached e Zinho Cefaly desfilando motos e carrões na Fonte Luminosa.

DE REPENTE

Num passe de mágica, uma motocicleta carenada, com funil, plotada com as marcas da Escuderia "Os preocupados" e "Pistões Rocatti" acelera uma marcha longa, some e se perde no infinito levando mais um ano, como tantos que se passaram e continuam com o mesmo frescor.

Velhos Tempos, Belos Dias. Feliz 2019

Fonte: Revista Comércio e Indústria