JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

O enigma

O Segredo (the Secret), livro de Rhonda Byrne, fenômeno editorial, é uma nova leitura de verdades universais que sempre existiram. Fala de forma diferente, brilhante e inteligente o que vem sendo dito e afirmado por centenas de anos quanto à força do pensamento (positivo ou negativo). Afirma que o Grande Segredo da Vida é a lei da atração pela qual semelhante atrai semelhante. Portanto, quando se tem um pensamento, está ao mesmo tempo atraindo pensamentos semelhantes para si. E fatos na mesma forma e intensidade.

Os pensamentos são magnéticos e têm uma frequência.

Quando se pensa emitem-se fatos no Universo e magneticamente atraem todas as coisas semelhantes que estão na mesma frequência. Tudo o que é vibrado e emitido volta para a fonte. Todo ser humano é como uma torre de transmissão de energia, transmitindo numa frequência com os seus pensamentos. Se alguém quiser mudar qualquer coisa em sua vida, é preciso mudar a frequência mudando os pensamentos.

Há muito tempo se sabe que o homem é a soma dos seus pensamentos. Há uma frase na Bíblia que diz: "escolha neste dia a quem vai servir".

A felicidade é um estado de espírito criado pelo pensamento.

É UMA ESCOLHA

O magnetismo humano, força vital ou nêurica, é um fluido sutil e invisível que procede do sistema nervoso, acionado pelos pensamentos.

Conforme Bob Proctor, mencionado no livro, a lei da atração funciona, quer se acredite nela ou não, quer a entenda ou não. A lei da atração é a lei da criação. Pedir, acreditar, visualizar e sentir a meta como já alcançada, para realmente conseguir. Esse o enigma desvendado. Os físicos quânticos dizem que o Universo inteiro surgiu do pensamento! E o universo é energia pura. Cada um cria sua vida por meio de seus pensamentos e da atração. Uma energia qualificada. Todos fazem isso. Ela sempre funcionou ao longo da história. Quando se torna consciente dessa grande lei, cada um se torna consciente de que é incrivelmente poderoso por ser capaz de criar sua vida pelo ato de PENSAR.

VIVENDO...

Num mundo onde se avolumam os vícios da droga, da mentira, da corrupção, da inveja, do roubo, da maledicência, da desídia, da inércia, da preguiça, da cobiça, da ira, da soberba e outros tantos, o homem precisa ter coragem para ser bom, honesto, justo e prudente. Prudente, inclusive e principalmente com os seus pensamentos. Evitar frases de negativismo como "hoje vai ser um dia negro". "Tudo vai sair errado". "Não consigo". "Todos estão contra mim". "O negócio está ruim". "Vai piorar". "Chego sempre tarde". "Nunca tenho oportunidade". "Eu não deveria ter escolhido esta profissão". "Ele pode, mas eu não posso". "Sou perseguido". "Só tem ladrão".

Marco Aurélio, sábio romano dizia: "a vida de um homem é o que seus pensamentos constroem".

Para Emerson, notável filósofo americano, "o homem é aquilo que ele pensa durante o dia inteiro". O Segredo está em saber pedir, acreditar e receber. São Marcos ensina: "se podes crer, tudo é possível ao que crê".

Entretanto para que o homem tenha pensamentos bons é preciso antes de tudo se despojar de ressentimentos. Se alguém maldosamente causou mal a alguém, deve ser por este simplesmente deletado, colocado na lixeira. Não permitir que ele inspire rancor ou ódio. Ignorado sim. Odiado não.

O ódio é o veneno que alguém toma esperando que o outro morra.

Deve-se afastar dos temores, da má vontade, dos aborrecimentos e da desorganização, ingredientes principais de que se serve o processo criador da infelicidade. E antes de tudo ter coragem e energia para agir, sob pena de patinar sem sair do lugar. Um rato não saía de casa porque tinha pavor do gato. Um mágico o transformou num gato. Passou, então, a temer o cachorro. Transformado num cão passou a temer a pantera. Transformado numa pantera tinha medo de caçador. Nessa altura o mágico lhe devolveu a forma originária de rato. "É isso que você é. Enquanto não mudar seu comportamento a sua coragem será tão somente a de um rato medroso."

É PRECISO SABER

E solicitar do Universo as energias do Inconsciente Coletivo e confiar no que pediu para finalmente receber. Como na parábola conhecida: um viajante caminhava pelas margens de um grande lago. Imaginava como chegar do outro lado, o seu destino. Enquanto fixava o olhar no horizonte, a voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro. O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. O viajante reparou que num dos remos estava entalhada a palavra acreditar e no outro agir. Perguntou ao dono do barco a razão do nome dado aos remos. O barqueiro pegou o remo no qual estava escrito acreditar e remou com toda força. O barco, então, deu voltas sem sair do lugar. Em seguida pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor. O barco girou em sentido contrário, em torno de si mesmo, sem ir adiante. Finalmente, o velho movimentou os dois remos ao mesmo tempo, e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou pelo lago, chegando calmamente à outra margem.

E aí o barqueiro disse ao viajante:

- este barco pode ser chamado de autoconfiança.

- A margem é o marco que desejamos atingir. Para que o barco da autoconfiança navegue seguro e alcance a meta pretendida, temos que agir e acreditar, sejam usados ao mesmo tempo e com a mesma intensidade.

jbgalhardo@uol.com.br