JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

68 anos de história: ASSOCIAÇÃO FERROVIÁRIA DE ESPORTES

Texto: Wilson Luiz

Falar da AFE é lembrar de fatos históricos. Recordo que no ano de 1949, meu pai Onofre Luiz, funcionário da ferraria da Estrada de Ferro Araraquara (EFA) "batia uma bolinha" no time dos Ferroviários. Era no campo do Botafogo (hoje é o Hospital São Paulo). A Rua Zero (Carvalho Filho) terminava um quarteirão pra baixo do Hospital. Era um mato fechado com um "trilho" pra chegar ao campo. Nunca me esqueço quando meu pai comentou que o novo engenheiro da EFA, o mineiro Antonio Tavares Pereira Lima pretendia fundar um clube de futebol para disputar campeonatos oficiais. Essa pretensão virou realidade em 1950. O projeto do mineiro de Guaranésia era arrojado. Local onde está hoje a ARENA DA FONTE, era privilegiado para os aficcionados na caça de pássaros (pintassilgo, colerinha do brejo, canário, avinhado e outros. E ali havia muitas codornas. Era comum a gente ver caçadores mostrando codornas prontinhas para a "panela".

A CONSTRUÇÃO

Do Estádio da Fonte Luminosa foi uma "febre" na época. Uma obra gigantesca para os padrões vigentes. A data de fundação do Clube ficou determinada para 12 de abril de 1950. E só no dia 13 de maio de 1951, a equipe de futebol entrou em campo. Foi no antigo Estádio Municipal Tenente Siqueira Campos, hoje do Clube Araraquarense. Com o primeiro gol anotado por Fordinho, a AFE ganhou do E.C. Mogiana, de Campinas, por 3 a 1. De lá pra cá, a Ferroviária tornou-se um dos maiores símbolos de Araraquara e do Interior paulista. Não há como resumir nesta página, a história da Ferroviária.

SÓ RESTA

Agradecer tudo que a AFE fez pela nossa cidade e pedir ao Onipotente fôlego aos dirigentes para maximizar atividades do glorioso time grená.

Parabéns ASSOCIAÇÃO FERROVIÁRIA DE ESPORTES, a legitima embaixatriz de Araraquara.