JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Fecomercio é contra fim do parcelamento

Segundo a Entidade, as formas de pagamento devem ser definidas pelos empresários "por se tratar de uma estratégia de negócio moldada pelo fluxo de caixa e conveniência dos clientes".

A proposta, apresentada ao Banco Central, prevê que as empresas de cartões passem a oferecer modelos similares a crediários para seus clientes como forma de parcelar suas compras e que o prazo de pagamento aos lojistas seria reduzido de 30 para 05 dias.

PONTO DE APOIO

O mercado seria responsável por definir as condições em que opera. A Federação crê que interferências do Estado em operações de negócios privados, por pressão de algum setor ou por definição governamental, tendem a gerar resultados prejudiciais ao comércio.

Fecomércio deseja que recebimento das vendas seja no dia seguinte à operação, em vez de cinco.

Entidade reforça que as políticas econômicas devem ser desburocratizadas.