INÍCIO
BRASIL
CIDADE
CULTURA
GERAL
BLOG-POLEZZE



Fecomercio é contra fim do parcelamento
Atualizada 2 de fevereiro de 18 |  Comentários -   E-mail | Imprimir | Permissões e Reproduções | Assine matérias como esta | Compartilhar no facebook Siga Jornal de Araraquara no Twitter

Segundo a Entidade, as formas de pagamento devem ser definidas pelos empresários "por se tratar de uma estratégia de negócio moldada pelo fluxo de caixa e conveniência dos clientes".

A proposta, apresentada ao Banco Central, prevê que as empresas de cartões passem a oferecer modelos similares a crediários para seus clientes como forma de parcelar suas compras e que o prazo de pagamento aos lojistas seria reduzido de 30 para 05 dias.

PONTO DE APOIO

O mercado seria responsável por definir as condições em que opera. A Federação crê que interferências do Estado em operações de negócios privados, por pressão de algum setor ou por definição governamental, tendem a gerar resultados prejudiciais ao comércio.

Fecomércio deseja que recebimento das vendas seja no dia seguinte à operação, em vez de cinco.

Entidade reforça que as políticas econômicas devem ser desburocratizadas.


Copyright 2018 JORNAL DE ARARAQUARA. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem permissão explícita do detentor dos direitos autorais.


Regras para comentários: Respeite outros leitores de nossa comunidade, portanto faça apenas comentários inteligentes e civilizados. Não ataque outros leitores pessoalmente e utilize sempre uma linguagem de alto nível.

Login: Identifique-se para deixar um comentário Log in | Registre-se
Título:
Comentários: (Seja o primeiro a comentar)

 






Direitos Reservados (c) 2018 - JORNAL DE ARARAQUARARA LTDA