INÍCIO
BRASIL
CIDADE
CULTURA
GERAL
COLUNAS



(Editorial) Pronto Socorro do MELHADO
Atualizada 2 de fevereiro de 18 |  Comentários -   E-mail | Imprimir | Permissões e Reproduções | Assine matérias como esta | Compartilhar no facebook Siga Jornal de Araraquara no Twitter

Na comunicação de amizade solidária e partidária ao ex-presidente e, agora, condenado Lula da Silva (pode ser preso a qualquer momento, desde que as normas legais sejam cumpridas aguardando-se que não haja violência em respeito à decisão judicial), o chefe do Executivo de Araraquara, um dos poucos vitoriosos do PT na última eleição, coloca-se defronte ao Estádio da AFE e, dentre outros locais que, em tese, teriam sido beneficiados pelo Governo Lula, a fim de justificar o quanto o PT fez pela cidade e, assim, merecer seu prestígio em nome do povo.

Quando fala em Pronto Socorro do Melhado surge uma interrogação gigantesca: que Pronto Socorro? Aquele que foi riscado do mapa pelo seu antecessor Marcelo Barbieri? Aliás, em tempo de Ministério Público que não precisava ser provocado e todos os promotores eram como "Advogados do Povo", indubitavelmente alguma providência saneadora já teria sido tomada. Como pode um melhoramento público, um pronto socorro para atender a comunidade em momento de desespero, com muito dinheiro empregado, ser objeto de disputa política entre dois políticos efetivamente profissionais?

Passa da hora de a disputa Edinho Marcelo ser riscada da agenda. Afinal, para um analista mais experiente, a tal "briguinha" serve apenas e tão somente para realimentar a força política de cada um visando novas eleições. Eles nasceram para se realimentar das urnas ou de cargos políticos, mesmo que indicados pelo chefe de plantão. Como agora, Marcelo Fortes Barbieri sendo aproveitado pelo seu amigo e chefe do MDB Michel Temer.

Para terminar, quando Edinho foi escolhido ministro da comunicação de Dilma, em que pesem algumas rusgas, Marcelo fez visita protocolar e cheia de amor clicando até uma selfie dos dois pilares. Será que essa gentileza será paga neste momento?


Copyright 2018 JORNAL DE ARARAQUARA. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem permissão explícita do detentor dos direitos autorais.


Regras para comentários: Respeite outros leitores de nossa comunidade, portanto faça apenas comentários inteligentes e civilizados. Não ataque outros leitores pessoalmente e utilize sempre uma linguagem de alto nível.

Login: Identifique-se para deixar um comentário Log in | Registre-se
Título:
Comentários: (Seja o primeiro a comentar)

 






Direitos Reservados (c) 2018 - JORNAL DE ARARAQUARARA LTDA