INÍCIO
BRASIL
CIDADE
CULTURA
GERAL
COLUNAS



O maior castigo: menos votos nas urnas
Atualizada 24 de novembro de 17 |  Comentários -   E-mail | Imprimir | Permissões e Reproduções | Assine matérias como esta | Compartilhar no facebook Siga Jornal de Araraquara no Twitter

Temos de admitir, o Brasil está mudando. Estão encarcerados ex-governadores, ex-ministros e parlamentares. O território outrora inexpugnável dos gabinetes e das residências dos figurões investigados, agora, é tomado pelos policiais que, além de prender ou conduzir coercitivamente, ainda vasculham dependências e apreendem documentos, computadores e outros objetos que possam interessar ao processo.

Além de arrestar provas e conduzir o envolvido, a revoada informa pormenores dos crimes. Concluídas as investigações poucos conseguem se safar. A maioria está presa, prisão domiciliar ou usando tornozeleira.

Os atravessadores que um dia participaram de fraude, saques e descaminho do dinheiro público, serão alcançados...

É o caminho aberto pelo sistema de delação premiada. Em troca do abrandamento da pena, os envolvidos revelam o nome dos comparsas. A Lava Jato e suas paralelas sugerem um Brasil novo. Que todos os devedores sejam chamados a pagar suas dívidas e que a execução da pena de cada um seja a mais justa possível. Nem mais nem menos do que devem.

É de se aguardar que o eleitor não coloque tudo a perder votando nos contumazes desordeiros políticos. Para político corrupto, maior do que a condenação emitida pelo Judiciário é a ausência de votos nas urnas. Depois de condenados, os corruptos não poderão se apresentar como candidatos, mas, boa parte ainda conseguirá candidatar-se em 2018. É aí que entra a decisão patriótica do eleitor: não votar neles...

(Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo - aspomilpm@terra.com.br)


Copyright 2017 JORNAL DE ARARAQUARA. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem permissão explícita do detentor dos direitos autorais.


Regras para comentários: Respeite outros leitores de nossa comunidade, portanto faça apenas comentários inteligentes e civilizados. Não ataque outros leitores pessoalmente e utilize sempre uma linguagem de alto nível.

Login: Identifique-se para deixar um comentário Log in | Registre-se
Título:
Comentários: (Seja o primeiro a comentar)

 






Direitos Reservados (c) 2017 - JORNAL DE ARARAQUARARA LTDA