INÍCIO
BRASIL
CIDADE
CULTURA
GERAL
COLUNAS



Homoafetivos ganham defesa de Márcia Lia
Atualizada 20 de outubro de 17 |  Comentários -   E-mail | Imprimir | Permissões e Reproduções | Assine matérias como esta | Compartilhar no facebook Siga Jornal de Araraquara no Twitter

O PL que trata dos direitos civis das famílias homoafetivas, gerou polêmica. "Um projeto garante reconhecimento da unidade familiar formada por pessoas do mesmo sexo visando acesso aos serviços públicos, como saúde, educação e habitação".

Apesar de a união homoafetiva ser um direito civil assegurado no Brasil, segundo relatos da comunidade LGBT existe uma dificuldade de reconhecimento dos casais como unidades familiares ao matricular um filho na escola ou preencher ficha em posto de saúde. De forma geral, o tratamento é feito como se fossem duas pessoas solteiras, e não um par, ou como se a criança tivesse apenas um dos genitores.


Copyright 2017 JORNAL DE ARARAQUARA. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem permissão explícita do detentor dos direitos autorais.


Regras para comentários: Respeite outros leitores de nossa comunidade, portanto faça apenas comentários inteligentes e civilizados. Não ataque outros leitores pessoalmente e utilize sempre uma linguagem de alto nível.

Login: Identifique-se para deixar um comentário Log in | Registre-se
Título:
Comentários: (Seja o primeiro a comentar)

 






Direitos Reservados (c) 2017 - JORNAL DE ARARAQUARARA LTDA