JORNAL DE ARARAQUARA
  • Fundado em 1991
  • Diretor: Geraldo Polezze
  • Vice-diretora: Marilene Volpatti
  • E-mail: redacao@jornaldeararaquara.com.br
ENTRE EM CONTATO

Sono nobre

Essencial para o descanso do corpo e restauração de suas funções, o sono é um dos fatores determinantes para a longevidade, melhora na concentração, memória e humor. Tão importante quanto uma boa dieta e a prática de exercícios físicos, as horas em que repousamos têm forte impacto em nosso organismo.

No entanto, de acordo com a coordenadora do departamento de Sono da Academia Brasileira e Neurologia, Dra. Rosana Cardoso Alves, distúrbios do sono atingem, atualmente, indivíduos em diferentes fases da vida, o que exige a conscientização de toda a população para os benefícios do sono e perigos de sua privação. "O sono é fundamental para as atividades cerebrais como atenção e memória. Sua privação acarreta em prejuízos tais como sonolência diurna, alteração da atenção, memória e, também, irritabilidade".

Responsável pela regeneração celular, o período em que descansamos propicia o controle de processos como inflamações, imunidade e estresse. Além dos conhecidos efeitos da privação do sono, pesquisadores apontam que a falta desse descanso é responsável pela liberação de hormônios relacionados ao ganho de peso e ao aumento da incidência de doenças cardiológicas, obesidade e diabetes.

Memória

Além de evitar uma série de complicações à saúde, o sono de qualidade e contínuo, dividido em suas quatro fases (1,2,3 e REM), é essencial para a liberação de hormônios responsáveis pela consolidação do aprendizado e memória. O que torna o descanso imprescindível na vida de indivíduos de todas as faixas etárias e, principalmente, no bom desempenho de estudantes e vestibulandos.

Atentos ao bem-estar da sociedade, em 2013, as entidades médicas relacionadas à neurologia e ao sono alertam a população mundial para a importância de uma boa noite de sono para a qualidade de vida. Na sexta-feira (15), a bandeira pela causa foi levantada. (patricia@trixe.com.br)